sexta-feira, 1 de outubro de 2010

QUEM É JESUS?

Leitura Bíblica – Hebreus 2:1-18
Estudo diário
Dom. Servo do Senhor....................................Is.53
Seg. O Verbo se fez carne.............................Jo.1:1-14
Ter. O Príncipe da Paz.................................Is.9:1-7
Qua. O mistério que estava oculto em Deus...Cl.1:26
Qui. O Rei e Sacerdote..................................Sl.110:1-7
Sex. O Ungido de Deus................................Sl.45:1-17

Objetivo da lição – Ressaltar que o real conhecimento acerca de Jesus é uma dádiva de Deus.

Introdução:
Quando Jesus veio ao mundo, não veio de forma inesperada. Ele chegou no tempo determinado por Deus: “vindo, porém, a plenitude do tempo. Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei” (Gl.4:4).Ele veio no momento em que o povo alimentava grande esperança acerca do Messias; “És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?” (Mt.11:3). Até a mulher samaritana afirma: “Eu sei, que há de vir o Messias, chamado Cristo: quando ele vier, nos anunciará todas as coisas” (Jo.4:25). André disse a Simão: “Achamos o Messias” (Jo.1:45). Contudo, Jesus causou uma impressão bem diferente. Ele não conseguiu corresponder às expectativas que o povo tinha acerca do Messias.
“Veio para o que era seu, e os seus não o receberam” (Jo.1:11). Certa vez, o próprio Jesus fez uma pesquisa para saber a opinião do povo e dos seus discípulos acerca da sua pessoa.

Exposição:
1.Quem era Jesus para o povo Judeu?
Mt.16:13. Jesus deseja saber o que o povo pensava da sua pessoa.Não é uma pesquisa de popularidade, mas de identidade. Uns diziam que era João Batista (opinião divulgada por Herodes-Mt.14:1-2); outros, Elias (Mt.4:5-6); outros, alguns dos profetas (Lc.9:8).

2.Quem é Jesus para o povo hoje?
Há muitas caricaturas de Jesus na memória popular. Conheçamos-las:
a) O Jesus médico: O Jesus médico que está sempre pronto para curar, em hora marcada e endereço certo. O templo torna-se um “pronto socorro” e há competição entre os locais onde ocorrem mais curas. Geralmente, promovem-se mais denominação do que o próprio Jesus.
b) O Jesus morto: O Jesus morto da procissão do “Cristo morto” e dos crucifixos. É o Cristo inoperante pendurado em repartições públicas, retrovisor de automóveis e estabelecimentos comerciais.
c) O Jesus não respeitado: O Jesus que não inspira respeito ou reverência. É cantado pelas bandas de rock. Está presente nas borracharias, barbearias e bares, Sempre ao lado do Cristo há uma foto do clube campeão ou um calendário com foto de mulher em trajes sumários.
d) O Jesus da publicidade: Este está no adesivo do carro, na camiseta, no boné, no chaveiro e outras bugigangas. Esse Jesus é tema de filmes, de peças publicitárias ou de espetáculos teatrais. Veja o exemplo da peça “Paixão de Cristo” em Nova Jerusalém/PE, durante a tal de “semana santa”.
e) O Jesus da LBV: Este inspira o social. As campanhas para os desabrigados em enchentes, secas e outras calamidades. Tudo inspirado pelo Jesus de cabelos loiros e olhos azuis.
f) O Jesus dos espiritualistas: Cristo é um mito, semelhante a Buda ou Krishna. Dizem segundo lendas a respeito de Jesus, que durante anos, Ele teria viajado pela Índia, Tíbete, Pérsia e Oriente próximo, tornando-se um iogue perfeito.
g) O Jesus influenciável: Este se acha em poder do catolicismo mariólatra. “Peça à mãe que o filho atende”. É por isso que além de Jesus é preciso acreditar em Maria e possuir um “santo” de devoção. No sertão nordestino, Padre Cícero e Frei Damião são vistos com poder mais que Jesus!
h) O Jesus dos filósofos: Estes definem a Cristo como um modelo a ser seguido, na luta contra a opressão econômica, social e política dos grupos oprimidos e dominados. Jesus é apenas uma referencial ideológico para as lutas sociais!
i) O Jesus de mercado: Oferece a Cristo como um produto, que ao ser adquirido promoverá a felicidade do seu consumidor! Jesus é apenas uma mercadoria útil, um investimento rentável. A igreja torna-se um ponto de venda ou um grande balcão de serviços.
j) O Jesus das denominações: Para os protestantes e pentecostais, Jesus Cristo é o 2ª Deus da trindade, residia no Céu, mas que encarnou e se tornou homem, sendo portador de duas natureza. Nessa teologia Jesus é o verdadeiro Deus e o verdadeiro homem. Quantos conceitos errôneos sobre Jesus!
3.Quem é Jesus segundo a Bíblia?
A Bíblia é bem clara sobre a identidade do Messias. Ela o apresenta como:
a) Descendente da mulher que venceria a serpente – satanás (Gn.3:15).
b) Silo que governará as nações (Gn.49:10).
c) Profeta semelhante a Moisés (Dt.18:18).
d) Descendente de Davi para assentar no seu trono para sempre (Sl.132:11; Is.9:6-7, Rom.1:4,5).
e) Renovo de Jessé que trará paz entre as nações (Is.11:1-5).
f) Servo e Cordeiro de Deus que morreria pelo povo (Is.52:13; 53:1-12).
g) Renovo de Davi que se tornaria Rei (Jr.23:5; 33:15; Lc.1:31-33; At. 2:29-30).
h) O Filho de Deus (Mt.16:16).
i) O segundo Adão (1Co.15:45).
j) Homem, depois que nasceu de Maria, gerado pelo espirito santo (Luc 1:45,46,Rm.5:15; 1Co.15:21).
k) Verbo (palavra falada) pela qual Deus Criou o universo estava na boca de Jesus se tornou carne e realidade! (Jo.1:3; Sl.33:6; Hb.1:2, At. 10:36).
l) O mistério que estava oculto em Deus (Rm.16:25; Cl.1:26, Jo. 1:18).
m) Atualmente como homem ressuscitou, glorificado, Salvador, tendo todo o poder no Céu e na Terra, possuindo toda a plenitude do Pai, aparecerá a 2ª vez, para assumir o governo da Terra como Rei dos reis e Senhor dos senhores (Mt.28:18; Lc.24:39; At.2:36; Fp.2:9-11; Cl.2:9; Ap.1:13-15; 19:16).

Nenhum comentário:

Postar um comentário